Palavra de vida › 06/04/2018

Palavra de Vida – Abril de 2018

“Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus; aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres” (Cl 3, 1-2)

Horas depois da Celebração da Vigília Pascal, durante a qual renovamos as promessas do nosso batismo, o autor da Carta aos cristãos e de Colossos, na Grécia, (por volta de 60 anos depois de Cristo), nos animou ao exercício do caminho que nos conduz ao Céu. Foi neste caminho que entramos através do nosso Batismo, quando morremos com Cristo para o pecado e ressuscitamos com Cristo para segui-lo vivendo à luz do Evangelho.

“Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus; aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres” (Cl 3, 1-2)

A Carta aos Colossenses encontra-se, na Bíblia Sagrada, entre as Cartas de São Paulo aos primeiros cristãos de língua grega, que não pertenciam ao povo de Israel, aos quais o Apóstolo São Paulo, convertido ao Evangelho, foi o missionário da 1ª hora. Ele, por primeiro, foi anunciar Jesus e os seus ensinamentos àquelas comunidades gregas. Anunciar era o 1º passo da Evangelização. Tornar Nosso Senhor Jesus Cristo conhecido e amado. O passo seguinte era o catecumenato. Para o catecumenato, o Apóstolo São Paulo formou colaboradores que tinham a missão do catequista: aprofundar os conhecimentos do Evangelho anunciado e mostrar como vivê-los em sua vida. Conhecer Jesus para ser seu discípulo, seguidor e missionário.

“Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus; aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres” (Cl 3, 1-2)

O autor da Carta aos Colossenses pode ter sido um desses colaboradores, catequistas do Apóstolo São Paulo. Importa saber que é um escrito atribuído a São Paulo. Importa sentir a fé do autor desta carta no Batismo como Sacramento da Conversão; como sacramento que faz ressuscitar como Cristo para a vida nova a ser vivida na terra e, em plenitude, no céu.

O Batismo nos fez filhos de Deus Pai, irmãos e discípulos missionários de Nosso Senhor Jesus Cristo e templos do Espírito Santo.

Esta é a nossa identidade cristã, o nosso “DNA” cristão.

Se nos esforçamos por alcançar as coisas do Alto e aspirarmos às coisas celestes e não às coisas terrestres, estamos no caminho que nos conduz ao Céu; à Gloria da Santíssima Trindade; estamos no caminho da salvação.

 

Pe. Pedro A. Martendal

Diretor Espiritual

———————————————————————- 

Oração do Papa Francisco pelos jovens

 

Senhor Jesus, a tua Igreja a caminho do Sínodo dirige o olhar

a todos os jovens do mundo. Pedimos-te que, com coragem,

assumam a própria vida, olhem para as realidades mais bonitas

e mais profundas e conservem sempre um coração livre.

 

Acompanhados por guias sábios e generosos, ajuda-os a

Responder à chamada que Tu diriges a cada um deles, para

Realizar o próprio projeto de vida e alcançar a felicidade.

Mantém aberto o seu coração aos grandes sonhos

Tornando-os atentos ao bem dos irmãos.

 

Como o Discípulo amado, também eles permaneçam ao pé da

Cruz para acolher a tua Mãe, recebendo-a como um dom de ti.

Sejam testemunhas da tua Ressurreição e saibam reconhecer-te

Vivo ao lado deles anunciando com alegria que Tu és o Senhor.

 

Amém!

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.